quarta-feira, 11 de março de 2015

MANIFESTAÇÕES... SIM OU NÃO?

Faltam três dias para as manifestações anti-Dilma; e um dia para os manifestantes pró-Dilma, darem o ar de sua graça Brasil afora.
Muito se discute sobre a legitimidade destas manifestações. Somente o fato de  duvidarmos da legitimidade do direito de se manifestar (algo sagrado da democracia), mostra que a nossa democracia tupiniquim periga. 
Todos os manifestantes, seja anti, seja pró-Dilma, estão no seu legítimo de se manifestar; seja a elite branca, sejam os trabalhadores da feira da construção civil, seja os partidários do palácio.

Estamos o tempo todo vendo o governo e seus asseclas dizerem que manifestações anti-governo é golpismo! 
Falta vergonha e memória à esquerda brasileira, que sempre protestou com o argumento da democracia. 
A democracia é um presente da esquerda para nós? Manifestar de modo pacífico é golpismo porque? 

Embora tenha completo desprezo por este governo, ainda não fui convencido da necessidade de um impeachment, ainda! Mas o simples fato de alguém manifestar-se a favor dele, não o faz golpista; este argumento usado por quem não conhece a história é ignorância, e usado por quem conhece é má fé.

E fora com esse argumento do "nós e eles", "elite branca contra os pobres e desvalidos"; há manifestantes de todas as classes sociais; e não somente os "coxinhas e tucanos" como quer fazer parecer os plantonistas do palácio.

É claro que violência, pedidos de volta dos militares, e coisas, deste tipo me enojam; assim como me enoja o oportunismo partidário, e os quebradores infiltrados por quem quer sabotar as manifestações!

Mas toda manifestação pacífica e ordeira é legítima sim! É bom lembrar que quem está a perigo de cair é o governo... Pois o país já caiu faz tempo!

Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Total de visualizações

pr. Jonatas de Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Sample text

Ads 468x60px

Sobre o autor

Minha foto
Governador Valadares, Minas Gerais, Brazil
Jonatas de Oliveira, casado com Adiléia Portugal desde 1997, pai de Isaac Anthony e Déborah Cissa; aceitou a Cristo em 1979 e foi batizado em janeiro de 1988; separado ao ministério em São Paulo na Assembléia de Deus - Ministério do Belém em janeiro de 2000, tem desde então pastoreado em Aparecida de Goiânia-GO, Belo Horizonte-MG, Francisco Badaró (no Vale do Jequitinhonha), Periquito-MG, Capitão Andrade-MG, e atualmente em Governador Valadares, onde serve tambem como segundo secretário do Ministério.

Featured Posts

Pesquisar este blog

Popular Posts

Pages

Teste Teste Teste Teste

Blogger templates

Most Trending

Popular Posts

Bem-vindo ao livro online