sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Os fuzis de Jacarta!

Nestes dias tristes que  vivemos no Brasil, acrescenta-se á nossa tristeza, o anúncio do dia exato que deverá ser fuzilado, na Indonésia, nosso compatriota Marco Archer; pelo crime de tráfico de drogas. 
Não quero criticar a Indonésia e suas leis, afinal de contas, cada país tem os legisladores que merecem; que o digamos nós mesmos!

Mas num momento em que o tráfico domina nosso país; em dias que a maioria dos crimes de roubos,assaltos, latrocínio e  homicídio, têm alguma ligação com o maldito tráfico, não dá pra negar que o assunto é polemico. 
Admitamos: Não há respostas prontas e fáceis para tal drama!

Numa enquete, realizada pelo portal R7, a diferença entre favoráveis e contrários à execução, são de 50,25% favoráveis,a  49,75% contrários. Estamos divididos (de novo)!
Mas o crescimento de pessoas favoráveis a tal ato, cresce na medida em que os  governos se mostram incapazes de solucionar as questões ligadas á criminalidade em geral.

Pessoalmente sou contra a pena de morte; tanto pela incapacidade de evitar novos crimes, quanto pelos riscos de injustiças, tão comuns até nas melhores instituições judiciais do mundo.

Não conheci o condenado! Não conheço sua família! Nem também posso dizer que sei o que estão passando, porque nunca passei; mas imagino a dor, a amargura!

Mas se há algo que esse fato terrível pode gerar, é um alerta a nossos jovens, de que, lucrar com as drogas; ou obter o prazer de mais uma "carreira" mais uma "cheirada" com o tráfico, leva a caminhos como este; ou até mais dolorosos. 

Os tiros de Jacarta poderão matar esse nosso irmão de pátria, e a outro, e outros mais; mas há um mar imenso dos nossos jovens favelados ou não; negros ou galegos; pobres ou de classe alta (já que segundo o governo, somos todos classe média)... estes são mortos todos os dias, pelos tiros da dependência, tiros da dívida com o traficante, tiros dos assaltos mal-sucedidos, e tantos outros tiros, que fazem agonizar os escravos das drogas, e nos fazem agonizar pela escravidão do medo delas!


Compartilhar:
← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial

Seguidores

Total de visualizações

pr. Jonatas de Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Sample text

Ads 468x60px

Sobre o autor

Minha foto
Governador Valadares, Minas Gerais, Brazil
Jonatas de Oliveira, casado com Adiléia Portugal desde 1997, pai de Isaac Anthony e Déborah Cissa; aceitou a Cristo em 1979 e foi batizado em janeiro de 1988; separado ao ministério em São Paulo na Assembléia de Deus - Ministério do Belém em janeiro de 2000, tem desde então pastoreado em Aparecida de Goiânia-GO, Belo Horizonte-MG, Francisco Badaró (no Vale do Jequitinhonha), Periquito-MG, Capitão Andrade-MG, e atualmente em Governador Valadares, onde serve tambem como segundo secretário do Ministério.

Featured Posts

Pesquisar este blog

Popular Posts

Pages

Teste Teste Teste Teste

Blogger templates

Most Trending

Popular Posts

Bem-vindo ao livro online